segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Siga o Cantareira

Uma provável escassez de água potável é uma das ameaças do mundo global e urbanizado. Grandes aglomerações urbanas como Cidade do México, São Paulo ou Los Angeles podem vir a enfrentar problemas no abastecimento de água. A situação de abastecimento de São Paulo, uma mega-urbe com 22 milhões de almas,  tem vindo a agravar-se nos últimos meses, e a cidade está muito perto de ter de enfrentar uma situação de emergência hídrica.

Analisar dados e fazer previsões foi a atividade profissional a que me dediquei durante dezenas de anos.. Terá sido essa a razão pela qual decidi construir uma base de dados sobre o maior reservatório de São Paulo - O CANTAREIRA -  compilando os dados publicados desde 2003 pela SABESP, a empresa que gere a distribuição de água na cidade. A partir dos dados coligidos, estou a produzir tabelas e gráficos que atualizo diariamente num blogue que criei para o efeito a que chamei "Siga o Cantareira". Faço-o com prazer, e vejo nisso uma forma de ajudar os meus amigos paulistanos a entender o problema e a acautelar-se para os dias secos que se avizinham.



Hoje, convido-o a Seguir o Cantareira

Sem comentários:

Enviar um comentário